Voltando de Viagem

Ao chegar de viagem, dona Tereza pergunta para o filho de cinco anos:
– E aí, Joãozinho? Correu tubo bem por aqui na minha ausência?
– Tudo mamãe! Só teve um dia que deu uma chuva muito forte e eu fiquei com medo e o papai veio dormir com eu.
– Comigo, Joãozinho! – corrigiu a empregada.
– Não, Maria! Isso foi no sábado! Eu estou falando de domingo, quando choveu!

Anúncios

Procurando uma solução

O rapaz vai ao médico reclamando do seu desempenho sexual:
– Doutor, na primeira está tudo as mil maravilhas; na segunda, eu preciso de um pouquinho mais de esforço, mas corre tudo bem; mas na terceira doutor… Da-me uma fraqueza, eu sinto uma tremedeira, meu coração começa a bater que nem louco… Parece que vou morrer!
– Então porque não para na segunda? – aconselha o médico.
– De que jeito, doutor? Se a terceira é a minha esposa!

Negociando

Uma dona de casa recebe um amante todo dia em sua casa a tarde, enquanto o marido trabalha.
Durante suas safadezas, ela deixa o filhinho de 9 anos trancado no armário do quarto.
Certo dia o marido chegou em casa e o amante ainda estava lá. Então ela trancou o amante no armário junto com o filho. Eles ficaram lá um tempo, até que o menino falou:
– Escuro aqui, não?
– É, está.
– Eu tenho uma bola de baseball.
– Que legal!
– Quer comprar?
– Não!
– Meu pai está lá fora!
– Quanto você quer pela bola?
– R$ 25,00.
– Toma.
Uma semana depois, o marido torna a chegar cedo. O amante está na casa. O menino está no armário. O amante vai pro armário. Eles ficam lá em silêncio até que o menino fala:
– Escuro aqui, não?
– É, está.
– Eu tenho uma luva de baseball.
– Que bom.
– Quer comprar?
O homem lembrando da outra semana:
– Claro, quanto é?
– R$ 75,00.
– Aqui está.
No fim-de-semana o pai chama o filho:
– Pega a bola e a luva e vamos jogar.
– Não dá pai. Eu vendi tudo.
– Vendeu?? Por quanto?
– R$ 100,00.
– Filho! Você não pode ficar enganando seus amigos assim. Em lugar algum a gente paga tanto por isso. Vou levá-lo agora no padre para que você confesse. Chegando na igreja, o menino entra na portinha, se ajoelha e fecha a portinha. Uma janelinha se abre para que o padre possa ouvir o menino.
– Meu filho, não temas a Deus, diga e Ele te perdoará. Qual seu pecado?
– Escuro aqui não???
– Não vá começar com essa merda de novo!!!

Evitando a Traição

Manoel estava há dois anos no Brasil, trabalhando em uma multi-nacional até que não agüentou de saudades de Maria e voltou para Lisboa.
Chegando lá, foi correndo ver sua esposa e lhe confessou uma coisa:
– Maria, o Brasil é um país maravilhoso, cheio de lindas mulheres e eu não pude resistir a me envolver com elas…
Maria olhou, sem se alterar e Manoel prosseguiu:
– Mas eu quero que tu saibas que quando eu me deitava com elas, eu me lembrava de ti e, na hora H, saía de cima!
Maria ficou pensativa.
– Agora me digas uma coisa, Maria… Você foi fiel a mim durante estes dois anos?
Maria deu um sorriso com o canto da boca e respondeu:
– Bem Manoel… Eu também pensei muito em ti… Mas você tem que entender que sair de baixo é bem mais difícil que sair de cima!

Empregada x Patroa

No meio do almoço de domingo, com a família toda reunida, a patroa grita para a empregada:
– Maria, essa comida está horrível!
O marido fica constrangido e tenta acalmá-la, mas ela insiste:
– Acho que até eu sou melhor do que você na cozinha!
– Pode ser – concorda a empregada – Mas a senhora fique sabendo que eu sou bem melhor do que a senhora na cama!
– O quê? – assusta-se a mulher – Roberto, seu cachorro! Não acredito que você…
– Calma, madame – interrompe a empregada. – Quem me disse isso foi o motorista!

Decepção Dobrada

Duplamente desconfiado, da mulher e da amante, Jorge resolve mandar as duas num mesmo cruzeiro para depois investigar como cada uma havia se comportado.

Na volta, Jorge pergunta à mulher como foi a viagem, como eram os passageiros, o que eles faziam, até identificar a amante.

— Como era mesmo essa mulher?

— Ah, uma sirigaita! — ela responde — Não se passou uma noite sem que aquela mulherzinha dormisse com um homem diferente…

Meio desconcertado, Jorge procura a amante e faz a mesma pergunta.

— Ah, essa tal coroa era uma verdadeira dama — conta.

— Como assim? — pergunta Jorge, meio aliviado.

— Ora, ela subiu a bordo com o marido e durante o cruzeiro inteiro não saiu do lado dele um segundo!