Tapete de Penélope

O garoto entra no quarto e pega a mãe fazendo a famosa posição sexual “cavalgando” no seu pai. O garoto surpreso, sai correndo. A mãe assustada sai da conhecida posição sexual, se veste e vai atrás do filho, preocupada com o que o garoto tinha visto.

O garoto então pergunta a mãe:

– O que a senhora e o papai estavam fazendo?

Surpresa, a mãe logo pensa em uma desculpa:

– Ora – disse ela. – Seu pai tem uma barrigona e eu estava tentando achatá-la!!

– A senhora esta perdendo seu tempo! – disse o garoto.

– Por quê? – perguntou a mãe e intrigada.

– Toda vez que a senhora vai pro shopping, a vizinha do 301 vem aqui, se ajoelha, e sopra tudo de volta!

Semelhanças

No futebol, como no sexo, as pessoas suam ao mesmo tempo, avançam e recuam, quase sempre vão pelo meio, mas também caem para um lado ou para outro e, às vezes, há um deslocamento. Nos dois é importantíssimo ter jogo de cintura.

No sexo, como no futebol, muitas vezes acontece um cotovelo no olho sem querer, ou um desentendimento que acaba em expulsão. Aí um vai para o chuveiro mais cedo.

Dizem que a única diferença entre uma festa de amasso e a cobrança de um escanteio é que na grande área não tem música, porque o agarramento é o mesmo… e no escanteio também tem gente que fica quase sem roupa.

Também dizem que uma das diferenças entre o futebol e o sexo é a diferença entre camiseta e camisinha. Mas a camisinha, como a camiseta, também não distingue; ela tanto pode vestir um craque como um medíocre.

No sexo, como no futebol, você amacia no peito, bota no colo, cadencia e tem que ter uma explicação pronta na saída para o caso de não dar certo.

No futebol, como no sexo, tem gente que se benze antes de entrar e sempre sai ofegante.

No sexo, como no futebol, tem o feijão com arroz, mas também tem o requintado, a firula e o lance de efeito.

No sexo também tem gente que vai direto no calcanhar. E tanto no sexo quanto no futebol, o som que mais se ouve é aquele “uuu”.

No fim, sexo e futebol só são diferentes mesmo, em duas coisas… No futebol não pode usar as mãos. E o sexo, graças a Deus, não é organizado pela CBF.

(Luís Fernando Veríssimo)

As Mulheres e Seus Orgasmos

Asmática
Uhh… uhhh… uhhh…

Matemática
Mais… mais… mais…

Suicida
Eu vou morrer… eu vou morrer…

Religiosa
Ai meu Deus… ai meu Deus…

Margarina
Que delícia… que delícia…

Negativista
Não… não… não…

Pornográfica
Ai caralho… que tesão…

Cozinheira
Mexe… mexe… mexe…

Casada
A empregada ainda não limpou o lustre!

Respostas de uma sexóloga estressada

1 – Tenho 20 anos e não transei ainda porque gostaria que a 1ª vez fosse com um namorado fixo. O que você acha?
R: Minha 1ª vez também foi com um namorado fixo. Eu o amarrei na cama.

2 – O que fazer para surpreender um namorado tímido na primeira noite?
R: Apareça com um amante.

3 – Tenho um amigo que quer fazer sexo comigo, mas ele tem um pênis de 24 cm. Acho que vai ser doloroso, o que fazer?
R: Manda pra cá, que eu testo pra você.

4 – Como faço para seduzir o rapaz que eu amo?
R: Tire a roupa.

5 – Terminei com meu ex porque ele é muito galinha e agora estou com outro. Mas ainda gosto do ex e às vezes ainda fico com ele! O que devo fazer?
R: Quem era mesmo galinha nesta história?

6 – Quero saber como enlouquecer um homem só nas preliminares?
R: Mostre umas fotos de umas BMW.

7 – Como enlouqueço meu parceiro em uma transa no banheiro?
R: Já usou desentupidor de pia?

8 – Saí com um gatinho e foi ótimo. Só que agora fico com o maior medo de ligar pra ele. Será que devo?
R: Depende. O gatinho sabe cagar na caixa de areia?

9 – Eu tenho 18 anos, mas adoro brincar de bonecas com a minha irmã de 2 anos. Também entro na net e não canso de ver cenas de sexo. O que eu faço?
R: Passe numa sex shop e compre um boneco inflável de boas proporções.

10 – Sou feia, pobre e chata. O que devo fazer para alguém gostar de mim?
R: Ficar bonita, rica e ser legal. Obviamente.

11 – O cara com quem estou saindo é muito legal, mas está dando sinais de ser alcoólatra. O que eu faço?
R: Não deixe ele dirigir.

12 – Por que, na hora do sexo, quando a gente está no vai e vem, na hora que o corpo entra em atrito, faz aquele barulho de quem esta batendo palmas? Por que nessa hora a gente fica mais excitado?
R: É porque parece que tem torcida, tá ligado? Da próxima vez, grite pra galera.

13 – Eu não tenho uma cara propriamente linda. O que fazer para conseguir comer algumas gatas, tendo em conta que tenho 13 anos?
R: Nesta idade você tem que comer Sucrilhos, entende?

14 – Tenho 28 anos e sou virgem, não agüento mais esta situação. Como mudá-la o mais rápido possível?
R: Está em SP? Vai à Major Sertório, de madruga. Leve uns R$ 50.

15 – Sou virgem e rolou, pela primeira vez, de fazer sexo oral, terminei engolindo o negócio e quero saber se corro o risco de ficar grávida. Estou desesperada!
R: Claro que corre o risco de ficar grávida. E a criança vai sair pela orelha.

16 – A primeira vez dói? Qual a melhor posição para a menina na primeira transa? Tenho 21 anos e ainda não transei porque tenho medode doer e não agüentar.
R: Dói tanto que você vai ficar em coma e NUNCA mais vai levantar. Vê se deixa de ser fresca, Cinderela!

Nada é como antes

Um casal de idade está celebrando as bodas de ouro, e eles decidem voltar à cidadezinha do interior onde eles se conheceram. Sentam numa lanchonete para tomar um café e estão contando à garçonete sobre o amor que os une há tanto tempo e como se conheceram nessa mesma lanchonete. Perto deles está sentado um guarda que ouve a história e que sorri com o relato.
Depois que a garçonete volta para a cozinha o velho diz à mulher:
“Lembra da primeira vez que transamos, lá naquele pasto perto da estrada, encostados na cerca? Vamos fazer isso de novo?”.
A mulher se excita toda e diz com um sorriso malicioso:
“Claro! Vamos lá!”.
Eles então pegam o carro e vão até o local. O guarda, curioso, dá um tempinho e vai atrás deles. Ao chegar perto, ele se esconde atrás de um arbusto, interessado pela cena que espera ver.
O casal vai até a cerca onde eles transaram 50 anos atrás. Sem ver o guarda, eles pensam que não há ninguém e tiram a roupa. O velho agarra a mulher e a encosta na cerca. E, com a vitalidade de um casal de 20 anos, a mulher se requebra toda, geme e agarra seu marido, que parece no melhor de sua forma, agarrando sua parceira como um selvagem, levando-a a um orgasmo sem precedentes, até que, finalmente, eles caem no chão, exaustos.
Passado um tempo, eles se levantam e se vestem. Quando estão voltando para a estrada, o guarda os intercepta e diz:
– Desculpem-me, mas não pude deixar de ver… Esta cena foi uma das mais fantásticas trepadas que eu já vi. Vocês deviam ser muito selvagens quando jovens!
– Nem tanto! – responde o velho – Quando éramos jovens a cerca não era eletrificada!