Investigação

O detetive presta contas à cliente:

– Ontem eu segui o seu marido. Ele foi primeiro a um restaurante, depois entrou numa loja, passou num salão de beleza. Em seguida foi a um Shopping, depois foi à uma casa de chá, na sequência à uma casa de jogo de bingo, foi numa boate e depois para um motel.

– Mas que cafajeste! – protesta a mulher. – Eu mato esse desgraçado! Diga-me em detalhes o que ele fez em cada um destes lugares.

– Bem… não fez nada. Acho que só estava seguindo a senhora!

Anúncios

Vingança

Um sujeito está sentado no bar, num restaurante, esperando liberar uma mesa. De repente ele vê uma morena linda, também no bar, sozinha, tomando um aperitivo. O sujeito chega perto dela e diz:

– O restaurante está cheio, e vai ser difícil conseguirmos mesa. Você se importaria em jantar comigo?

A mulher levanta de repente e grita:

– Ir para sua casa, assim sem mais nem menos? Quem você acha que eu sou, seu pervertido?

O sujeito volta para seu canto, envergonhado, pensando que a mulher é louca. Cinco minutos depois a mulher levanta e vai até o sujeito e diz:

– Desculpe-me pela cena de agora há pouco. Estou preparando uma tese de Psicologia e estou estudando as reações das pessoas em situações embaraçosas. Mas eu vim para lhe dizer que sim, aceito jantar em sua companhia.

O sujeito se levanta de seu assento e berra:

– O que? Duzentos paus? Você é louca!

Uma notícia boa, outra má

O rapaz acorda da cirurgia no quarto do hospital. Ao seu lado está seu médico. Apreensivo, o paciente levanta os olhos e pergunta:
– E aí, doutor, a operação deu certo?
O médico responde:
– Digamos que tenho uma boa e uma má notícia…
– E qual é a boa, doutor?
– Conseguimos salvar seus testículos!
O paciente solta um “ufa” aliviado.
– E qual é então a má notícia?
– Estão debaixo de seu travesseiro.