Lula e Jesus

Lula discursava para dezenas de milhares de pessoas no Anhangabaú, em SP, numa convenção do PT, quando de repente aparece Jesus Cristo baixando lentamente do céu.

Quando chega ao lado de Lula, lhe diz algo ao ouvido. Então Lula dirigindo-se à multidão diz:

– Atenção companheiros! O companheiro Jesus Cristo, aqui, quer dizer umas palavras para vocês.

Jesus pega o microfone e diz:

– Povo brasileiro, este homem que tem barba como eu, não lhes deu o pão do conhecimento da mesma forma que eu fiz?

O povo responde:

– Siiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiim!

– Não é verdade que, assim como eu multipliquei os pães e peixes para dar de comer a todos, este homem “inventou” o Fome Zero para que todos pudessem se alimentar?

– Siiiiiiiiiiiiiiiiiiim!, respondeu o povão.

– Não é verdade que assegurou tratamento médico e remédios para os pobres, assim como eu curei os enfermos?

O povo grita:

– Siiiiiiiiiiiiiiiiiim!

– Não foi traído por companheiros de partido, assim como eu fui traído por Judas?

O povo então gritou ainda mais forte:

– Siiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiim!

– Então o que Vocês estão esperando para crucificá-lo?

Anúncios

Medicina brasileira

Num congresso internacional de Medicina

O médico alemão diz:

– Na Alemanha fazemos transplantes de um dedo e em 4 semanas o paciente está procurando emprego.

O médico espanhol afirma:

– Conseguimos fazer um transplante de cérebro e em 6 semanas o paciente está procurando emprego.

O russo diz:

– Fazemos um transplante de peito e em 1 semana o cara pode procurar emprego.

O médico grego disse:

– Temos um trabalho de recuperação de bêbados que, em 15 dias, o indivíduo pode procurar emprego.

O médico brasileiro diz orgulhoso:

– Isso não é nada! No Brasil nós pegamos um cara sem dedo, sem cérebro, sem peito e chegado a uma pinga, colocamos na Presidência e agora o país inteiro está procurando emprego…

Na aula de Análise

A professora pergunta:

“Na frase: ‘Eu sou petista’, qual o tipo de sujeito?”

Joãozinho responde

“Se for sujeito simples, é ladrão; se for composto, é quadrilha; se for oculto é laranja; porém, se for indeterminado é ONG beneficiada.”

E se for inexistente Joãozinho?

“Aí é patrimônio do Lula, professora.”

Perguntas perigosas

Lula foi a uma escola conversar com as criancinhas, acompanhado de uma Comitiva. Depois de apresentar todas as maravilhosas realizações de seu Governo, disse às criancinhas que iria responder perguntas. Uma das crianças levantou a mão e Lula perguntou:

– Qual é o seu nome, meu filho?

– Paulinho.

– E qual é a sua pergunta?

– Eu tenho três perguntas. A primeira é, “Onde estão os 10 milhões de empregos prometidos na sua campanha Presidencial?”; a segunda é, “Quem matou o Prefeito Celso Daniel ?” e a terceira é, “O senhor sabia dos escândalos do mensalão ou não?”.

Lula fica desnorteado, mas neste momento a campainha para o recreio toca e Ele aproveita e diz que continuará a responder depois do recreio.
Após o recreio, Lula diz:

– OK, onde estávamos? Acho que eu ia responder perguntas. Quem tem perguntas?

Um outro garotinho levanta a mão e Lula aponta para ele.

– Pode perguntar, meu filho. Como é seu nome?

– Joãozinho, e tenho cinco perguntas: A primeira é, “Onde estão os 10 milhões de empregos prometidos na sua Campanha Presidencial?”; a segunda é, “Os gastos com o cartão de crédito de D. Marisa são pagos pelo Governo?”. A terceira é, “O senhor sabia dos escândalos do mensalão ou não?” ; a quarta é, “Porque o sino do recreio tocou meia hora mais cedo?” e a quinta é, “Cadê o Paulinho ??!!”.