Prioridades

Um sujeito estava sentado na primeira fila de um daqueles espetáculos majestosos e caríssimos da Broadway onde, normalmente, os ingressos são vendidos com vários meses de antecedência, quando um rapaz ao ver uma poltrona vazia entre eles, comenta:

– Que coisa esquisita! Um lugar desses vazio?! Você pode acreditar que alguém paga uma fortuna por um lugar desses e não aparece no espetáculo?

O homem responde:

– Na realidade, esse lugar era da minha mulher, mas ela faleceu!

– Oh, meus pêsames – desculpa-se o vizinho.

– Mas os senhor não poderia ter dado o ingresso para um amigo ou um parente?

– Infelizmente não! Estão todos no enterro!

Os três amigos

Os três amigos viajavam juntos pela Europa e dormiam sempre num único quarto, porque a grana andava curta.
Certa feita, encontraram um hotelzinho tão vagabundo que só tinha uma cama de casal e, como já era tarde, resolveram passar a noite ali mesmo. Deitaram-se os três lado a lado e um deles, que tinha um mal hálito terrível, foi orientado para que, quando quisesse falar, cutucasse os outros dois, de maneira que eles poderiam se defender, enfiando a cabeça debaixo da coberta.
No meio da noite, o do mal hálito acorda e cutuca os amigos. Estes enfiam a cabeça debaixo da coberta e perguntam:
– O que foi?
E ele:
– Peidei!