Violência doméstica

A jovem chega na casa da sua mãe em prantos.
A mãe procura saber o que aconteceu.
– O que foi, minha filha?
– Mãe, que decepção! O Beto me bateu!
– Teu marido? Mas eu pensei que ele estivesse viajando esta semana…
– Pois é, mãe, eu também pensei…
Anúncios

Tática

Polícia conversando no rádio:
– Sargento, chegamos ao local do crime.
– Passe o relatório.
– Uma mulher matou o marido. Foram 35 facadas, 2 tiros depois de asfixiar e decapitá-lo. E por fim o queimou.
– Nossa! Qual foi o motivo do crime?
– Ele pisou onde ela estava passando o pano.
– E conseguiram capturar a mulher?
– Não, sargento, estamos esperando o piso secar.

Violência doméstica

A mulher vai ao consultório médico e se queixa:

– Dr. toda vez que meu marido chega em casa bêbado, me enche de porrada.

O médico:

– Quando ele chegar bêbado, faça um chá de camomila e “FIQUE BOCHECHANDO” até ele dormir…volte aqui daqui a uma semana.

Passado uma semana, no consultório:

A mulher:

– Dr. não é que deu resultado o “CHÁ”… faz uma semana que ele não me bate.

O médico:

– Percebeu quanto vale ficar de boca fechada?