Os botões

Saddam Hussein e George W. Bush se encontram pela primeira vez, em Washington, para discutir a paz.

Quando Saddam sentou na poltrona destinada a ele, pôde ver que havia três botões na cadeira de Bush.

Depois de cinco minutos de conversa, Bush apertou o primeiro botão e uma luva de boxe saiu do braço direito da cadeira de Saddam e socou o ditador iraquiano na cara.

Confuso, Saddam continuou falando sobre paz enquanto Bush ria.

Alguns minutos depois, Bush apertou o segundo botão e uma bota acertou o traseiro de Saddam. Bush gargalhou tanto, que apertou o terceiro botão e um balde de água caiu na cabeça do iraquiano, enquanto o presidente americano rolava no chão de tanto rir.

Finalmente, Saddam se tocou de que o processo de paz havia fracassado e voltou a Bagdá.

Duas semanas depois, as negociações recomeçaram, e foi a vez de Bush ir ao Iraque.

Quando o americano chegou à sala do iraquiano, percebeu que na cadeira de Saddam havia três botões e ficou preparado para a revanche do ditador.

Eles começaram a conversar e Saddam apertou o primeiro botão. Bush se encolheu todo, mas nada aconteceu.

Saddam caiu na risada…

A conversa continuou e, alguns minutos depois, o ditador apertou o segundo botão. Bush deu um pulo na cadeira, mas nada aconteceu… e Saddam caiu na gargalhada.

Poucos segundos depois, Saddam apertou o terceiro botão. Bush arregalou os olhos, mas nada aconteceu. Saddam rolava no chão de tanto rir.

O americano, irritado com aquela bobagem, levantou-se e disse:

– Esqueça a paz! Estou voltando para Washington!

E Saddam, rindo feito louco, disse:

– Que Washington?

III Guerra Mundial

George W. Bush e Tony Blair estão num jantar na Casa Branca. Um dos convidados aproxima-se deles e pergunta-lhes:

– Sobre o que estão a conversar de forma tão animada?

– Estamos a fazer planos para a terceira Guerra Mundial, diz Bush.

– Uau!, diz o convidado. E Quais são esses planos?

– Vamos matar 14 milhões de muçulmanos e 1 dentista, responde Bush.

O convidado parece confundido e pergunta:

-Um… dentista? Por que é que vão matar um dentista?

Blair dá uma palmada nas costas de Bush e exclama:

– Não te disse? Não te disse? Ninguém irá perguntar pelos muçulmanos!

Data da morte

Osama Bin Laden (quando ainda vivo), não se sentindo muito bem e preocupado com a sua imortalidade, vai a um vidente para tentar saber a data da sua morte. O vidente fecha os olhos, e silenciosamente chegando às visões do futuro encontra a resposta:

– Você vai morrer num feriado Americano.

– Qual deles? – pergunta Bin Laden nervosamente.

– Não importa – responde o vidente – Qualquer que seja o dia em que você morrer, será feriado nos Estados Unidos!

O Esquilo

Sentados num bar, Bin Laden e Saddam Hussein discutem acaloradamente, quando chega um reporter da CNN querendo saber o que os dois estão planejando.

Bin Laden responde:

– Estamos planejando a III Guerra Mundial.

– E como será isso? – quis saber o repórter.

Saddam responde:

– Vamos atirar uma bomba nos EUA e matar 15 milhões de americanos e um esquilo.

Surpreso, o repórter pergunta:

– Um esquilo? Mas por que um esquilo?

Saddam vira-se para Bin Laden e diz com um ar vitorioso e divertido:

– Estás vendo, Bin? Ninguém se preocupa com os 15 milhões de americanos.