Esperteza infantil

Bill e Marla decidiram que o único jeito de se livrarem de seu filho de dez anos por umas horas no domingo seria colocá-lo na sacada do apartamento e pedir para ele relatar as atividades da vizinhança.

Os pais puseram seu plano em ação e o garoto começou seus comentários enquanto eles se divertiam na cama.

– Tem um carro sendo guinchado aí na rua, ele disse. Tem uma ambulância parando lá na esquina. Parece que os Andersons estão recebendo visita. O Matt ganhou uma bicicleta nova. Os Coopper estão trepando.

Os pais pularam da cama.

– Como você sabe disso? O pai perguntou.

– O filho deles está na sacada também, o garoto respondeu.

O observador

A mulher não agüentava mais e falou:
– Será que você tem de ficar olhando para toda moça que entra no restaurante?
E o marido:
– Você diz isso por causa daquela loira de rabo-de-cavalo, minissaia verde, olhos azuis, brincos de marfim, unhas pintadas de vermelho, sapatos de crocodilo e bolsa combinando?
E a mulher:
– É!
E o cara:
– Eu nem olhei para ela.