A viagem

A loira gostosona estava para se suicidar, ia se jogar no mar no cais da Praça 15 no Rio de Janeiro, daí apareceu um marinheiro.

– Moça, não faça isso!

– Vou me jogar, minha vida é uma merda…

– Não! Olha, meu navio está de partida para a Europa. Por que você não vem comigo e depois pensa no que faz? Se chegando lá você ainda quiser se matar, pelo menos você conheceu a Europa. A loira achou a proposta razoável e seguiu com ele para um bote salva-vidas onde ela viajaria clandestina. O marinheiro ficou de trazer comida e água todas as noites pra ela. E, assim, foi durante 2 semanas. Ele trazia comida água e aproveitava dava uma “comidinha” nela. Comida, água e “comidinha”…

Até que um dia o Capitão, junto com um grupo de inspetores foi fazer uma inspeção nos botes e descobriram a loira. Ela, sem outra saída, resolveu contar a verdade.

– Olha, eu estou aqui, seguindo para a Europa porque um marinheiro me trouxe. Todas as noites ele me traz comida, água e dá uma trepadinha comigo e vai ser assim até chegar na Europa. Ainda falta muito?

– Moça, esta é a barca que faz a travessia Rio-Niterói.

Erro de análise

Dois homens estavam à deriva em um bote salva-vidas depois de uma fuga dramática de um barco em chamas. Ao mexer nas provisões do bote um dos homens se depara com uma velha lâmpada.

Esperando secretamente que um gênio aparecesse, ele esfregou a lâmpada vigorosamente e para sua surpresa um gênio realmente apareceu. Este gênio em particular, no entanto, disse que só poderia conceder um desejo, e não os três habituais.

Sem se preocupar muito o homem gritou:

Transforme todo o oceano em cerveja!

Imediatamente o gênio bateu palmas e todo o oceano se transforma na melhor cerveja jamais bebida por mortais.

No mesmo instante o gênio desaparece.

Apenas o barulho da cerveja atingindo o bote quebrou o silêncio que se formou, ao passo que os dois homens avaliam a situação.

O outro homem olha com cara de nojo para o que fez o pedido.

Depois de um longo momento cheio de tensão ele fala:

“Agora teremos que fazer xixi no bote seu imbecil”

Europa

A loira gostosíssima ia se jogar no mar quando apareceu um marinheiro:

– Moça, não faça isso!

– Vou me jogar, minha vida é uma droga!

– Não faça isso!! Olha, meu navio está de partida para Europa. Por que você não vem comigo e pensa melhor? Se, chegando lá, você ainda quiser se matar, pelo menos terá conhecido a Europa.

A loira achou a proposta razoável e seguiu com ele para o bote salva-vidas,onde viajaria clandestinamente.

Durante duas semanas ele a visitava à noite, levando comida, água e transava com ela. Comida, água e crau. Até que um dia o capitão fez uma inspeção nos botes e descobriu a loira.

Ela, sem saída, lhe contou a verdade:

– Olhe, eu estou aqui, seguindo para Europa, porque um marinheiro me trouxe. Todas as noites ele me traz comida e água, e como agradecimento eu dou para ele. E combinamos assim até chegarmos a Europa. Ainda falta muito?

– Não sei moça. Por enquanto, esta balsa só faz a travessia Santos-Guarujá.