Invisível

Daniel era uma criança precoce com uma predileção por pensamento lógico. Ele sabia que átomos são invisíveis, então logo concluiu que ele, por ser feito de átomos, também era invisível. Nunca foi vitorioso em uma partida de esconde-esconde.

Lógica

1. Deus é amor.
O amor é cego.
Steve Wonder é cego.
Logo Steve Wonder é Deus.

2. Nada é melhor que a felicidade eterna.
Ora, mas um tomate é melhor do que nada.
Logo, um tomate é melhor que a felicidade eterna.

3. Imagine um pedaço de queijo suíço, daqueles bem cheios de buracos.
Quanto mais queijo, mais buracos, óbvio.
Mas, o buraco ocupa o lugar em que haveria queijo.
Assim, quanto mais buracos menos queijo.
Ora, se quanto mais queijos mais buracos, e quanto mais buracos, menos queijo;
Logo, quanto mais queijo, menos queijo.

4. Toda regra tem uma exceção.
Isto é uma regra.
Logo tem uma exceção.
Nem toda regra tem uma exceção.

5. Os romanos são homens.
Os gregos não são romanos.
Logo, os gregos não são homens.

6. Disseram-me que eu sou ninguém.
Ninguém é perfeito.
Logo, eu sou perfeito.
Mas só Deus é perfeito.
Portanto, eu sou Deus.
Se Steve Wonder é Deus, eu sou Steve Wonder!
Meu Deus, eu sou cego!

7. “Deus ajuda quem cedo madruga”
Quem cedo madruga, dorme à tarde…
Quem dorme à tarde, não dorme à noite…
Quem não dorme à noite, sai na balada!
CONCLUSÃO: “DEUS AJUDA QUEM SAI NA BALADA!”.

Alunos Inteligentes

ALUNOS INTELIGENTES

Professor: O que devo fazer para repartir 11 batatas por 7 pessoas?
Aluno: Purê de batata, senhor professor!
(faz sentido!)

Professor: Joaquim, diga o presente do indicativo do verbo caminhar.
Aluno: Eu caminho… tu caminhas… ele caminha…
Professor: Mais depressa!
Aluno: Nós corremos, vós correis, eles correm!
(e não é verdade?)

Professor: “Chovia” que tempo é?
Aluno: É tempo feio, horroroso, senhor professor.
(alguma dúvida?)

Professor: Quantos corações nós temos?
Aluno: Dois, senhor professor.
Professor: Dois?!
Aluno: Sim, o meu e o seu!
(a lógica explica; certinho!)

Dois alunos, muito amigos, chegam tarde à escola e justificam-se:
– O 1º Aluno diz: Acordei tarde, senhor professor! Sonhei que fui à Polinésia e a viagem demorou muito.
– O 2º Aluno diz: E eu fui esperá-lo no aeroporto!
(fisicaquanticamente falando quem discute? está certo!)

Professor: Pode dizer o nome de cinco coisas que contenham leite?
Aluno: Sim, senhor professor. Um queijo e quatro vacas.
(me diga onde ele errou?)

Aluno de Direito fazendo um exame oral. A pergunta: O que é uma fraude?
Responde o aluno: É o que o Sr. Professor está fazendo.
O Professor (muito indignado): Ora essa, explique-se…
Diz o aluno: Segundo o Código Penal comete fraude todo aquele que se aproveita da ignorância do outro para o prejudicar!
(e então… na lógica…)

Professora: Maria, aponte no mapa onde fica a América do Norte.
Maria: Aqui está.
Professora: Correto. Agora turma, quem descobriu a América?
Turma: A Maria.
(uauuuuu!!!)

Professora: Bruno, que nome se dá a uma pessoa que continua a falar, mesmo quando os outros não estão interessados?
Bruno: Professora.
(essa doeu!)

Professora: Joãozinho, me diga sinceramente: você ora antes de cada refeição?
Joãozinho: Não professora; não preciso… A minha mãe é uma excelente cozinheira.
(sempre ele!)

Professora: Artur, tua redação “O Meu Cão” é exatamente igual à do teu irmão. Você copiou?
Artur: Não, professora. O cão é que é o mesmo.
(a melhor de todas!!!)

O álcool e a lógica

Uma manada de búfalos se move com a velocidade do búfalo mais lento… Quando a manada é caçada, são os búfalos mais fracos e lentos, em geral doentes, que estão atrás do rebanho, que são mortos primeiro. Esta seleção natural é boa para a manada como um todo, porque aumenta a velocidade média e a saúde de todo o rebanho pela matança regular dos seus membros mais fracos.

De um jeito muito parecido, o cérebro humano pode funcionar apenas tão depressa quanto seus neurônios mais lentos. Beber álcool em excesso, como sabemos, mata neurônios. Naturalmente, são os neurônios mais fracos e lentos que morrem primeiro.

Neste caso, o consumo regular de cerveja elimina os neurônios mais fracos, tornando seu cérebro uma máquina mais rápida e eficiente! E ainda: 23% dos acidentes de trânsito são provocados pelo álcool. Isto significa que 77% dos acidentes são provocados por pessoas que bebem água.

E ainda fazem campanhas contra o álcool…