Inferno imperfeito

O sujeito morre e vai para o inferno. Desesperado, ele tem seu primeiro encontro com o diabo que, ao vê-lo terrivelmente preocupado, vai logo dizendo:
– Por que você está deste jeito, meu?
– O que é que você quer? Estou no inferno!
– O inferno não é tão ruim assim. Na verdade, temos um bocado de divertimento por aqui. Você bebe?
– Claro, eu adoro beber!
– Bem, então você vai adorar as segundas-feiras. Tudo que temos de fazer às segundas-feiras é beber. Whisky, Tequila, Guinness, Coolers, vinhos… bebemos até cair e mais um pouco.
– Isso parece legal!
– Você fuma?
– Fumo!
– Você também vai adorar as terças-feiras. Pegamos os melhores cigarros do mundo, baseados e lotamos nosso pulmões de fumaça. Se você tiver câncer, tudo bem… você já está morto mesmo!
– Ótimo!
– Imagino que você goste de jogar. Se gosta, as quartas-feiras são dedicadas ao jogo. Pôquer, Blackjack, corridas de cavalos, e tudo mais que você quiser.
– Que maravilha! Estou começando a adorar o inferno!
– E às quintas-feiras são dias de droga. Injete ou fume a vontade! Você poderá usar tudo que quiser e, se tiver uma overdose, tudo bem… você já está morto!
– Oba! Eu nuca havia imaginado que o inferno era um lugar tão legal!
– Você é gay?
– Não! Claro que não!
– Ih… Então você vai odiar as sextas-feiras…

Versões

O dono da Microsoft morre num acidente e vai para a triagem, onde encontra São Pedro.

– Bill, desta vez estou realmente confuso – diz São Pedro

– Não sei para onde vou te mandar. É verdade que você ajudou a sociedade a ter “um micro em cada casa”, mas, por outro lado, foi o responsável pelo horripilante Ruindows 95/98 e o Vista. Acho que vou fazer uma coisa pela primeira vez na vida.

Vou deixar você decidir para onde quer ir: Paraíso ou Inferno?

– Qual a diferença entre os dois? – retrucou, Bill.

– Permitirei que visite ambos. Isso te ajudará a tomar a decisão.

– E por onde começo?

– Isso é com você.

– Começo pelo inferno.

E Bill vai para o inferno. Um lugar lindo, claro, com praias belíssimas e centenas de mulheres nuas sob o sol. O mar é azulzinho, assim como o céu, límpido. E Bill adora!

– Isso é o máximo. Se o inferno é assim, quero ver o Paraíso – diz ele a São Pedro.

– OK! – responde São Pedro, que conduz Bill ao Paraíso.

O ambiente é calmo, com muitos anjinhos cantando e tocando arpa. Sem dúvida, um excelente lugar, mas não tão excitante quanto o inferno. Bill pensa, pensa e decide:

– Vou para o inferno.

Duas semanas depois, São Pedro decide visitar Bill e encontra o ex-bilionário espremido numa caverna escura, queimado e torturado.

– Como estão as coisas? – pergunta a Bill.

– Isso aqui é horrível! – responde – Não tem nada a ver com aquele inferno que eu visitei. O que aconteceu com aquele lugar maravilhoso, repleto de praias e mulheres?

– Aquela era a versão Demo.

Inferno Brasileiro

O pobre coitado morreu, e como não tinha se comportado bem durante a vida, foi enviado direto para o inferno. Lá chegando, foi-lhe dada a oportunidade de escolher entre o inferno alemão, americano ou brasileiro.

No inferno alemão teria que comer duas latas de merda até o fim da eternidade, no americano seriam 3 latas, enquanto no brasileiro seriam 10 latas.

Quando ele estava pronto para entrar no inferno alemão, ele ouviu uma grande batucada vindo do inferno brasileiro e não podia entender como havia tamanha alegria, já que eles tinham que comer 10 latas de merda por dia.

Perguntando a um bom brasileiro que estava na porta, veio a resposta:

– Aqui no inferno brasileiro, um dia falta lata, outro dia não vêm entregar, outro falta merda…

Engenheiro no inferno

Um engenheiro morreu e foi aos portões do ceu. São Pedro checou seu dossiê e disse:

– Ah, Você esta no lugar errado.

Então o engenheiro foi aos portões do inferno e foi admitido. Nem mal havia sido admitido, o engenheiro já estava insatisfeito com o nível de conforto no inferno e começou projetando e construindo melhorias.

Pouco tempo depois, eles tinham conseguido ar condicionado, banheiros reformados e escadas rolantes e o engenheiro era um cara muito popular.

Um dia Deus chamou Satã ao telefone e disse ironicamente:

– Então, como estão as coisas ai em baixo, no inferno?

Satã respondeu:

– Ah, está tudo muito bem. Nós agora temos ar condicionado, banheiros reformados e escadas rolantes, e isso sem falar o que este engenheiro está planejando para depois.

Deus então indagou:

– O que? Vocês têm um engenheiro? Isso e um engano! Ele nunca deveria ter descido para o inferno. Mande-o subir aqui.

Ao que Satã retruca:

– Sem possibilidade. Eu gostei de ter um engenheiro na equipe e continuarei mantendo-o.

Deus disse:

– Mande-o voltar aqui ou Eu tomarei as medidas legais.

Satã soltou uma gargalhada e respondeu:

– Tudo bem. E onde você ira conseguir um advogado?