Pai herói

A mãe, ao ver a filha de 10 anos voltar da pescaria com o pai, com o rosto todo inchado, fica indignada:
– Minha filha, o que houve?
– Foi um marimbondo, mamãe…
– Ele te picou?
– Não deu tempo… o papai o matou com o remo!

A Notícia

A NOTÍCIA

Um GAÚCHO está passando suas férias no Rio de Janeiro, e resolve visitar um zoológico da cidade maravilhosa.

Durante o seu passeio, de repente, ele vê uma menininha se aproximando demasiadamente da jaula do leão. O leão, rapidamente, a ataca e, agarrando-a pela manga do casaco, tenta puxá-la para dentro da jaula para matá-la, sob os olhares de seus pais que, paralisados de terror, ficam gritando.O gaudério corre rapidamente para a jaula e, por entre as suas barras, acerta em cheio um potente soco, direto no nariz do leão. Gemendo de dor, o leão dá um pulo para trás, soltando a menininha e o gaúcho, com cuidado, a pega e a entrega aos seus apavorados pais, que, muito emocionados, ficam lhe agradecendo por muito tempo.

Um repórter, que assistiu a todo o desenrolar da cena, diz ao gaúcho:

– Senhor, esta foi a atitude mais nobre e corajosa que eu já vi um homem tomar , em toda a minha vida.

Ele responde:

– Não foi nada de mais, realmente. O leão já estava preso, atrás das grades, e eu apenas vi esta menininha em perigo e fiz o que achei que era a coisa mais acertada a ser feita

O repórter diz:

– Bem, eu lhe garanto que este ato de heroísmo não irá passar em branco. Eu sou um jornalista, e o meu jornal de amanhã trará esta história, estampada na primeira página.

E o repórter pergunta ao homem:

– Apenas para complementar a notícia, qual é a sua profissão, e qual é o seu posicionamento político?

O gaúcho responde:

– Eu estou atualmente em férias; sou Militar do Exército e nas eleições para Presidente votei contra a Dilma.

O jornalista então se despede e vai embora.

Na manhã seguinte, o gaúcho compra o jornal, curioso para ler como saiu a notícia sobre o salvamento da menininha das garras do leão; e, para sua grande surpresa, lê na primeira página:

“Radical de extrema-direita, ligado à ditadura militar, ataca imigrante africano e rouba o seu almoço.”

Qualquer semelhança com algum jornalista bancado pelo PT ou com os teleguiados arautos da esquerda festiva não será mera coincidência!

No portão do Céu

Um rapaz está no portão do céu, esperando para ser admitido, enquanto São Pedro folheia o livro sagrado, checando toda a vida dele para ver se ele foi um garoto de valor. Depois de um bom tempo, São Pedro olha severamente para ele e diz:

– Não vejo nada que seja realmente ruim em sua vida, mas também não há nada que seja realmente bom. Se você me provar que fez algo REALMENTE bom, você está dentro.

O garoto pensa por alguns instantes e diz:

– Ahhh, teve uma vez que eu estava indo pela estrada quando vi uma gang gigante de motoqueiros mexendo com uma garotinha indefesa. Diminui a velocidade para ter certeza do que estava acontecendo. Vi uns 50 deles tentando tirar as roupas da mocinha. Parei meu carro, peguei um bastão de baseball e fui em direção ao líder da gang, um cara com uma jaqueta de couro com uma estampa de tigre. Ele tinha uma corrente amarrada da orelha esquerda até o nariz. Enquanto me aproximava dele, os membros da gang foram fazendo uma roda em volta de mim. Arranquei a correntinha da cara dele e dei-lhe uma pancada com meu bastão. O cara foi pro chão com um só golpe. Depois disso eu virei para todos eles e disse: Deixem esta garota em paz. Vocês não passam de um bando de bostas! Voltem para suas casas antes que eu perca a paciência e acabe com suas raças, seus animais!

São Pedro, realmente impressionado perguntou:

– E quando isso aconteceu?

– Ah, faz uns dez minutos…