O filho do gaúcho

O gaúcho leva o filho no médico para fazer um checkup, após o exame o pai pergunta:
– O guri tá saudável?
– Saudável tá, mas tem um problema, ele é viado!
– Mas como ? Que besteira! Filho meu é macho, como eu. Que tipo de profissional é o senhor?
– Meu senhor, eu sou médico, sou de SP e conheço um viadinho de longe. Se o senhor quiser, posso fazer os 3 testes com a bichinha!
O pai imponente:
– Não chama o guri de bicha, ele vai ser macho nos 3! O médico prepara o 1º teste; bota o termômetro na axila do garoto e manda ele dizer 33.
O guri responde, com a língua presa:
– Tlinta e treeeeessss.
E o médico vira-se pro pai e diz:
– Taí, é viado!
– Bah! Mas isso não é teste de macheza! Faça o outro!
O médico coloca o termômetro na boca do rapaz e ordena novamente:
– Diz 33.
E o garoto,com a boca cheia:
– Turintlaitleissssssss.
Então o médico orgulhoso:
– Viu! O exame não falha! Bicha mais assumida que essa não existe!
– Esse é o exame mais absurdo que eu já ví, faça o 3º.
O médico pegou o termômetro colocou no rabo do guri e tornou a mandar:
– Diz 33!
E o garoto, revirando os olhinhos, delicadamente obedeceu:
– 1, 2, 3, 4, …

Duas notícias…

O sujeito fica incumbido de dizer ao amigo que o filho deste tinha mudado de sexo.
– João, eu tenho duas notícias sobre o seu filho, uma boa e outra má… Muito má!
– Comece com a má, por favor!
– O seu filho é um travesti!
– Meu Deus, que desgraça! E a notícia boa?
– Ontem ele ganhou o concurso Rainha da Primavera!

Diagnóstico

Desconfiado das atitudes do filho, o pai leva o garoto ao psicólogo para descobrir se seu filho é homossexual.
O Dr. pergunta ao garoto:
– Qual o vegetal que você mais gosta?
“Meu Deus, ele vai dizer cenoura ou pepino” – pensa o pai
– Chuchu – responde o garoto.
“Ufa!” – pensa o pai.
– Qual seu número preferido? – pergunta o Dr.
“24!” – pensa o pai.
– 11 – responde o filho.
“Ufa!” – pensa o pai.
– Qual o animalzinho que você gostaria de criar?
“Cordeirinho, carneirinho, viadinho, ai meu Deus, o que esse moleque vai responder?!” – pensa o pai.
– Jacaré! – diz o filho.
“Ufa!”, aliviado fica o pai.
– O que você quer ser quando crescer? – pergunta o Dr.
“Cabeleireiro, alfaiate, estilista” – pensa o pai.
– Juiz – responde o filho.
– Que fruta você mais gosta? pergunta o médico.
“Até aqui tudo bem”, pensa o pai.
– Jabuticaba, afirma o menino
O moleque deixa a sala e o pai, aliviado, diz para o médico:
– Meu filho não é gay, não é Dr.?
E o Dr. responde:
– Seu filho é gay assumido, viadão mesmo: chuchu, dá o ano inteiro; 11 é um atrás do outro; jacaré se defende dando o rabo; juiz vive de vara em vara e jabuticaba é a única fruta que nasce e morre grudada no pau!

Dúvida cruel

No vagão de trem, viajam um velhote todo engomadinho e um jovem punk.
O velhote não para de encarar o cabelo multicolorido do jovem, mais parecendo um arco-íris. De
saco cheio, o punk grita:
– Qualé, meu? Vai me dizer que nunca fez extravagâncias quando era jovem?
E o velhote:
– Claro que fiz… E uma delas foi transar com um papagaio. Era exatamente por isso que eu estava
te observando, pensando: “bem que ele poderia ser meu filho!”