Solução médica

O médico abre o jogo para o paciente:
– Infelizmente, o senhor só tem seis meses de vida.
– E agora doutor? O que eu faço?
– Se eu fosse você, me casaria com uma mulher velha, chata e bem feia e me mudaria para o Paraguai.
– Por que doutor?
– Vão ser os seis meses mais longos da sua vida!

Extrema unção

O padre está ao lado do velhinho, no leito da morte, para dar-lhe a extrema-unção:

– Antes de morrer, reafirme sua fé em Nosso Senhor Jesus Cristo e renegue o Demônio!

O velhinho fica quieto. O padre insiste:

– Vamos lá… Quando se deixa este mundo, é preciso se preparar e renegar o mal para poder juntar-se ao Senhor o mais rápido possível… Por que voce não quer renegar o Demônio?

O velhinho, com voz trêmula, responde:

– Enquanto eu não souber para onde eu vou, não quero ficar mal com ninguém!

Diagnóstico

Desconfiado das atitudes do filho, o pai leva o garoto ao psicólogo para descobrir se seu filho é homossexual.
O Dr. pergunta ao garoto:
– Qual o vegetal que você mais gosta?
“Meu Deus, ele vai dizer cenoura ou pepino” – pensa o pai
– Chuchu – responde o garoto.
“Ufa!” – pensa o pai.
– Qual seu número preferido? – pergunta o Dr.
“24!” – pensa o pai.
– 11 – responde o filho.
“Ufa!” – pensa o pai.
– Qual o animalzinho que você gostaria de criar?
“Cordeirinho, carneirinho, viadinho, ai meu Deus, o que esse moleque vai responder?!” – pensa o pai.
– Jacaré! – diz o filho.
“Ufa!”, aliviado fica o pai.
– O que você quer ser quando crescer? – pergunta o Dr.
“Cabeleireiro, alfaiate, estilista” – pensa o pai.
– Juiz – responde o filho.
– Que fruta você mais gosta? pergunta o médico.
“Até aqui tudo bem”, pensa o pai.
– Jabuticaba, afirma o menino
O moleque deixa a sala e o pai, aliviado, diz para o médico:
– Meu filho não é gay, não é Dr.?
E o Dr. responde:
– Seu filho é gay assumido, viadão mesmo: chuchu, dá o ano inteiro; 11 é um atrás do outro; jacaré se defende dando o rabo; juiz vive de vara em vara e jabuticaba é a única fruta que nasce e morre grudada no pau!