Utilidade da Educação

Um suíço, à procura de orientação sobre o caminho, pára seu carro ao lado de outro com dois brasileiros dentro.

– Entschuldigung,koennen Sie Deutsch sprechen?,perguntou o suíço.

Os dois brasileiros ficaram mudos.

– Excusez-moi, parlez vous Français?, tentou ele.

Os dois continuaram a olhar para ele impávidos e serenos.

– Prego signori, parlate Italiano? Nada por parte dos brasileiros.

Hablan ustedes Español? Nenhuma resposta.

– Please, do you speak English?

Nada… Angustiado, o suíço desiste e vai embora.

Palocci vira-se para Lula e diz:

– Talvez devêssemos aprender uma língua estrangeira.

– Mas pra quê companheiro?, pergunta Lula. Aquele idiota sabia cinco e não adiantou coisa alguma!

Repita, por favor

Um dia ensolarado do ano 2007 um homem idoso se aproximou do Palácio da Alvorada, depois de atravessar a Praça dos Três Poderes, e falou com o “Dragão da Independência” que montava guarda ao estabelecimento:

– Eu gostaria de entrar e me entrevistar com o Presidente Lula.

O Soldado olhou para o homem e disse:

– Senhor, o Sr. Lula não é presidente e não mora mais aqui há algum tempo.

O homem disse:

– Está bem – e se foi.

No dia seguinte, o mesmo homem idoso se aproximou do Palácio da Alvorada e falou com o mesmo “Dragão”:

– Eu gostaria de entrar e me entrevistar com o Presidente Lula.

O Soldado novamente disse:

– Senhor, como lhe falei ontem, o Sr. Lula não é presidente nem mora mais aqui há algum tempo.

O homem agradeceu-lhe e novamente se foi.

No terceiro dia, o mesmo homem idoso se aproximou do Palácio Alvorada e falou com o mesmo guarda:

– Eu gostaria de entrar e me entrevistar com o Presidente Lula.

O Soldado, compreensivelmente irritado, olhou para o homem e disse:

– Senhor, este é o terceiro dia seguido que o Sr. vem aqui e pede para falar com o Sr. Lula. Eu já lhe disse que ele não é mais o presidente nem mora mais aqui há algum tempo. O Senhor não entendeu?

O velho homem olhou para o brioso soldado e disse:

– Sim, eu compreendi perfeitamente, mas eu adoro ouvir isso!

O soldado ficou em posição de sentido, prestou uma vigorosa continência e disse:

– Vejo-o amanhã… senhor!

Na aula de Análise

A professora pergunta:

“Na frase: ‘Eu sou petista’, qual o tipo de sujeito?”

Joãozinho responde

“Se for sujeito simples, é ladrão; se for composto, é quadrilha; se for oculto é laranja; porém, se for indeterminado é ONG beneficiada.”

E se for inexistente Joãozinho?

“Aí é patrimônio do Lula, professora.”