Se é para o bem do povo…

O maluco chegou perto do médico e disse:

– Doutor, não quero mais ser Presidente da República.

E o médico espantado perguntou:

– O que? Ficou curado?

E o doido respondeu:

– Resolvi abdicar!

Psicólogo do hospício

O psicólogo do hospício municipal estava se queixando com um enfermeiro:

– Sei lá parece que não sei…acho que tô ficando meio perturbado das ideias…

O enfermeiro disse:

– Ih, doutor porque é que você não se trata?

E o médico respondeu:

– Eu, hein! Já viu o preço que eu cobro por consulta?

Entrevista no hospício

Um repórter vai a um hospício fazer uma entrevista. Chegando lá, encontra o pátio cheio de internos. Aproxima-se de um grupo de cinco e pergunta:
– Quem é você?
– Sou Freud!
– E você – Pergunta o repórter apontando para o segundo.
– Eu? Sou John Lennon! E esse que está ao meu lado é o Ringo Star!
O repórter anda mais um pouco, olha para o quarto maluco e faz a mesma pergunta.
– Sou São Pedro!
– São Pedro?! E quem lhe disse que você é São Pedro? – Quis saber o repórter, já entusiasmado com a entrevista.
– Foi Deus!
– Eu não! – Grita o quinto.

Loucos no ar

Devido às reformas num manicômio, as autoridades médicas decidem transferir um grupo de loucos para outro lugar. Para que a viagem seja mais rápida são todos colocados num avião. Já em pleno vôo, o piloto, cansado de pedir a eles pelo alto-falante que parem de jogar futebol dentro do avião, diz para o co-piloto:

– Talvez atendam você, se falar com eles pessoalmente. Quer tentar?

O co-piloto sai da cabina e vai para o compartimento de passageiros. Daí a pouco ouvem-se gritos horríveis. Depois, o silêncio é total. Quando volta, o piloto pergunta:

– Incrível! Como é que você conseguiu?

– Fácil: mandei-os jogar bola na rua.