Freira esperta

Tarde da noite, duas freirinhas estão voltando para o convento quando percebem que estão sendo seguidas por um tipo grandalhão e mal-encarado. Dobram algumas esquinas para despistá-lo, mas ele continua atrás.

– E agora, irmã, o que vamos fazer? – pergunta uma já ficando desesperada.

– Tive uma idéia: vamos virar a próxima rua e correr uma para cada lado. Quem chegar primeiro no convento pede socorro.

Assim que chegam a esquina, disparam em direções opostas. Uma delas chega ao convento e conta o ocorrido as outras irmãs. Todas ficam apavoradas e já vão chamar a polícia quando aparece a outra freirinha, toda suada.

– Irmãs, vocês não imaginam o que aconteceu! – exclama ela, ofegante.

– O que houve? O que houve? – todas querem saber.

– Eu saí correndo e o homem veio atrás.

– E aí? E aí?

– Chegou um momento que eu virei uma rua e dei de cara com um beco sem saída. Fui tentar voltar, mas o tarado já havia chegado.

Ele me olhou com uma cara de louco, rindo. Então eu sorri também e levantei o hábito até o pescoço.

– Ohhhh! E o que ele fez?

– Abaixou as calças até os pés.

– Meu Deus!! E aí?

– Aí que mulher de saia levantada corre muito mais que homem de calça abaixada, né?

Anúncios

Estratégia

Conversa de dois amigos, num momento de troca de confidencias:
– Francamente, João, não entendo por que você insiste em colocar cinto de castidade na sua mulher cada vez que viaja. Com aquela cara e aquele corpo, quem vai querer possuí-la?
– Você tem razão, mas quando volto para casa, sempre posso dar a desculpa de que perdi a chave.

Trocando as Fraldas

Poucos dias após o nascimento do seu primeiro filho, o marido chega em casa, joga o paletó sobre uma cadeira, esparrama-se no sofá e liga a TV. Nisto, a mulher pede:

– Querido, você não quer trocar o Vinícius enquanto eu preparo o seu jantar?

– Agora estou ocupado, meu bem! Você troca esta e eu troco a próxima.

A mulher desliga o fogão, troca a criança, volta e continua a fazer o jantar.

À noitinha, o nenê suja as fraldas novamente.

– Querido, agora é a sua vez de trocar o bebê!

– Minha vez? – pergunta ele, indignado.

– Você disse que iria trocar a próxima!

– Eu não disse a próxima troca. Eu disse a próxima criança!

A César o que é de César

Um padre, um pastor e um rabino reuniram-se para saber como cada um dividia o dinheiro entre o que ficava com Deus – isto é, com a igreja ou sinagoga, conforme o caso – e cada um deles.

Disse o padre:

– Na minha Igreja Católica, eu pego toda a coleta do período, faço um círculo no chão e atiro o dinheiro para o alto; aquilo que cair dentro do círculo pertence a Deus, o que cair fora é meu.

Disse o pastor:

– Eu também faço a mesma coisa na minha Igreja Protestante, só que o que cair dentro é meu e o que cair fora, é dele.

O rabino falou:

– Pois eu jogo tudo para cima. O que Ele pegar é dEle, o que cair no chão é meu!