Brincando com Arco e Flecha

Joãozinho estava brincando com seu arco e flecha, que tinha ganhado no Natal.
De repende ele soltou uma flecha que caiu no quintal da Dona Maria.
— Dona Maria — fala Joãozinho — posso pegar a flecha que caiu no seu quintal?
— Não, me fala onde que tá que eu pego!
— Er… Não, Dona Maria, deixa que eu pego.
— Fala onde que tá logo, menino, se não eu não pego mais.
— Tá bom, tá bom… Tá no seu gato!

O que dão?

Na aula de Ciências, a professora diz:

— Anotem a lição de casa, crianças. Vocês terão que pesquisar o habitat natural das 70 espécies de animais que estão na página 23, também terão que dizer qual o país de origem de cada animal, quais seus predadores, suas presas, seus costumes e fazer uma redação sobre cada um… falando em animais, Martinha, o que dão as ovelhas?

— Lã, professora.

— Muito bem! Pedrinho, o que dão as galinhas?

— Ovos, Fessora!

— Parabéns! Joãozinho, o que dão as vacas?

— Lição de casa!

Tapete de Penélope

O garoto entra no quarto e pega a mãe fazendo a famosa posição sexual “cavalgando” no seu pai. O garoto surpreso, sai correndo. A mãe assustada sai da conhecida posição sexual, se veste e vai atrás do filho, preocupada com o que o garoto tinha visto.

O garoto então pergunta a mãe:

– O que a senhora e o papai estavam fazendo?

Surpresa, a mãe logo pensa em uma desculpa:

– Ora – disse ela. – Seu pai tem uma barrigona e eu estava tentando achatá-la!!

– A senhora esta perdendo seu tempo! – disse o garoto.

– Por quê? – perguntou a mãe e intrigada.

– Toda vez que a senhora vai pro shopping, a vizinha do 301 vem aqui, se ajoelha, e sopra tudo de volta!

Pergunte ao Jonas

Uma menina estava conversando com a sua professora. A professora disse que era fisicamente impossível que uma baleia engula um ser humano porque apesar de ser um mamífero muito grande, a sua garganta é muito pequena.

A menina afirmou que Jonas foi engolido por uma baleia. Irritada, a professora repetiu que uma baleia não poderia engolir nenhum ser humano; era fisicamente impossível. A menina, então disse:

– Quando eu morrer e for ao céu, vou perguntar a Jonas.

A professora lhe perguntou:

– E o que vai acontecer se Jonas tiver ido ao inferno?

A menina repondeu:

– Então é a senhora que vai lhe perguntar.