Última palavra

Uma mulher tem a última palavra em qualquer discussão.
Por definição, qualquer coisa que um homem disser depois disso é o começo de outra discussão.
Anúncios

O peixe morre pela boca

Um homem telefona para a sua esposa e diz:

– Querida, o meu chefe convidou a mim e a alguns amigos para irmos pescar num lago distante. Vamos ficar fora uma semana. Esta é uma excelente oportunidade para eu conseguir a promoção de que tenho estado à espera, por isso me prepare roupas suficientes para uma semana e também a minha caixa de apetrechos de pesca. Vamos partir diretamente daqui do escritório e vou passar aí apenas para apanhar essas coisas. Ah!… Por favor, coloque também o meu pijama novo, aquele de seda azul.

A mulher acha que isso soa um bocado estranho mas, sendo a boa mulher que é, faz o que o marido pediu. No fim de semana seguinte, ele regressa da pescaria um bocado cansado, mas fora isso, sem nada de anormal. A mulher lhe recebe com um beijo e lhe pergunta se apanharam muitos peixes.

Ele responde:

– Sim! Muitos pargos, algumas garoupas e uns poucos carapaus. Mas porque que você não colocou o meu pijama de seda azul, tal como te pedi?

A mulher responde:

– Arrumei sim, querido! Coloquei-o na caixa de apetrechos de pesca!

O cavalo

O sujeito estava lendo tranquilamente o seu jornal, quando a mulher lhe dá com a frigideira na cabeça.

– Você está maluca? – reagiu ele, furioso.

– Isso é pelo bilhete que eu encontrei no bolso da sua calça, com o telefone de uma tal de Marilu.

– Mas, querida… Isso foi no dia que eu fui a corrida de cavalos. Marilu foi o cavalo que eu apostei e o numero era o valor total das apostas…

A mulher ficou toda desconcertada e desdobrou-se em desculpas.

Dias depois, ele estava novamente lendo o seu jornal e PIMBA, leva outra frigideira na cabeça.

– O que foi agora, querida? – protestou ele.

– O seu cavalo está no telefone…