Receita de Natal – Peru com Whisky

RECEITA DE NATAL
Peru com Whisky

Ingredientes:
01 Garrafa de Whisky – do bom, é claro!!
01 peru de aproximadamente 5 Kg
Sal, Pimenta e cheiro verde á gosto
350 ml de azeite extra virgem
500 g de bacon em fatias
Nozes moídas

Modo de Preparar

Envolver o peru no bacon e temperá-lo com sal, pimenta e cheiro verde á gosto.
Massageá-lo com azeite.
Pré-aquecer o forno por aproximadamente 10 minutos.
Servir-se de uma boa dose (caprichada) de Whisky enquanto aguarda.
Colocar o peru em uma assadeira grande.
Sirva-se de mais duas doses de Whisky.
Axustar o terbostato na marca 3, e, debois de uns binte binutos, botar para assassinar. Digu, assar a ave.
Derrubar uma dose de Whisky.
Bedois de beia hora, formar a baertura e controlar a asssadura do pato.
Tentar zentar na gadeira, servir-se de uooooootra dose sarada de Whisky.
Cozer (?), costurar (?), cozinhar (?), sei lá, foda-se o berú.
Deixááá o filho da puta no vorno por umas 4 horas.
Tentar retirar a merda do berú.
Mandar mais uma boa dose de Whisky prá dentro – de V. é claro.
Tentar novamente tirar o sacana do berú do vorno, porque na primeira deenndadiiiva dããão deeeeeeeuuuu.
Begar o berú que gaiu no jão, e, enxugar o filho da puta com o bano de jão e cologá-lo numa pandeja ou qualquer outra borra, bois, avinal, vc nem gossssssssta buito dessa bosta besbo.
Bronto!!!

Anúncios

Os bêbados e o táxi

Três bêbados entram num táxi. O taxista percebe o nível de embriaguez dos rapazes. Liga o motor, volta a desligar e diz:

– Chegamos.

Os três bêbados descem. O primeiro paga, o segundo agradece e o terceiro da-lhe um soco na cara.

O taxista achando que tinha sido descoberto pergunta:

– O que foi?

– Prá que correr tanto, seu v…?

Palavras e bêbados

Palavras difíceis de dizer bêbado:

1. Indubitavelmente
2. Preliminarmente
3. Proliferação
4. Inconstitucional

Palavras muito difícieis de dizer bêbado:

1. Especificilidade
2. Transubstanciado
3. Verossimilhança
4. Três tigres

Palavras impossíveis de dizer bêbado:

1. Chega, já bebi demais.
2. Sai fora, você não é meu tipo.
3. Puta merda, que mulher feia!

Respeito ao Enterro

RESPEITO AO ENTERRO

O sujeito estava no boteco tomando umas cachaças, jogando uma partida de dominó com mais três amigos, quando vê um enterro passando pela rua.

Mais que depressa ele interrompe o jogo, levanta-se, vai até a porta, tira o chapéu e fica observando o cortejo, durante vários minutos, em silêncio, com semblante visivelmente entristecido.

Quando o féretro termina de passar, ele recoloca o chapéu na cabeça e volta a sentar-se.

— Esse foi o gesto mais comovente que eu já vi em toda a minha vida! — comenta um dos amigos. — Acho que todos deviam seguir o seu exemplo.

— Bem, depois de quinze anos de casado, acho que era o mínimo que eu poderia fazer!