Em família

Transbordante de felicidade, o garotão entra em casa e anuncia ao pais que vai se casar.

– Parabéns – diz o pai. – Quem é a felizarda?

– A Beth, filha do seu amigo Osvaldo.

O pai sente um calafrio, finge alegria, e quando o filho se retira para o quarto, vai atrás dele, sem que a mãe perceba.

– Sinto muito, meu filho, mas você não pode se casar com a Beth. – diz o homem – Na verdade, ela é a sua irmã!

– Como, papai??? – assusta-se o jovem.

– É que certa vez o Osvaldo viajou, eu cheguei lá. Sabe como são essas coisas…

O rapaz fica inconsolável, se atira na cama e fica chorando. Eis que surge a mãe, atraída pelo choro. O rapaz não aguenta e conta toda a história a ela. A mãe, então, o consola:

– Pode se casar tranquilo, meu filho. Na verdade ela não é sua irmã…