O Acidente de Ônibus

Numa noite escura, voltando de uma carreata pelo interior, um dos ônibus, lotado de políticos sai da pista, capota duas vezes e cai numa fazenda. O fazendeiro acorda assustado e vai ver o que aconteceu.

Ao se deparar com aquela terrível visão, rapidamente começa a cavar um buraco, onde enterra os corpos.

Alguns dias depois, um investigador bate a sua porta e faz várias perguntas sobre o acidente.

– E onde estão os políticos?

– Eu enterrei eles naquela cova ali!

– Mas estavam todos mortos? – espanta-se o policial.

– Bem… alguns diziam que não… mas o senhor sabe como os políticos são mentirosos!

Depoimento do mineiro atropelado

DEPOIMENTO DO MINEIRO ATROPELADO

Seu Zé, mineirinho, pensou melhor e decidiu que os ferimentos que sofreu num acidente de trânsito há semanas atrás eram sérios o suficiente para levar o dono do outro carro ao tribunal.

No tribunal, o advogado do réu começou a inquirir seu Zé:

– O Senhor não disse na hora do acidente ‘Estou muito bem’?

E seu Zé responde:

– Bem, vou lhe contá o que aconteceu. Eu tinha acabado di colocá minha mula favorita na caminhonete…

– Eu não pedi detalhes! – interrompeu o advogado. Só responda à pergunta:

– O Senhor não disse na cena do acidente: ‘Estou muito bem’?

– Bem, eu coloquei a mula na caminhonete e tava deceno a rodovia…

O advogado interrompe novamente e diz:

– Meritíssimo, estou tentando estabelecer os fatos aqui. Na cena do acidente este homem disse ao patrulheiro rodoviário que estava bem. Agora, várias semanas após o acidente ele está tentando processar meu cliente, e isso é uma fraude. Por favor, poderia dizer a ele que simplesmente responda à pergunta?

Mas, a essa altura, o Juiz estava muito interessado na resposta de seu Zé e disse ao advogado:

– Eu gostaria de ouvir o que ele tem a dizer.

Seu Zé agradeceu ao Juiz e prosseguiu:

– Como eu tava dizeno, coloquei a mula na caminhonete e tava desceno a rodovia quando uma picapi atravesso o sinar vermeio e bateu na minha caminhonete bem na laterar. Eu fui jogado fora do carro prum lado da rodovia e a mula foi jogada protro lado. Eu tava muito firido e num podia mi move. De quarqué forma, eu pudia orvi a mula zurrano e grunhino e, pelo baruio, eu pude percebe que o estado dela era muito ruim. Logo dipois do acidente, o patruiero rodoviário chego no locar. Ele orviu a mula gritano e zurrano e foi até onde ela tava. Depois de da uma oiada nela, ele pego a arma e atiro bem nos óio do animar. Então, o policiar atravesso a estrada com sua arma na mão, oio pra mim e disse:

– ‘Sua mula estava muito mal e eu tive que atirar nela. Como o senhor está se sentindo?’

– O que o Sr. falaria, meritísso?

Nem toda loira é burra

Uma loira muito sensual entrou num cassino. Trocou 10 mil dólares por fichas e dirigiu-se a mesa da roleta. Lá chegando, anunciou que apostaria todo o dinheiro, e acertaria o número em um único lance. E, fitando os dois empregados responsáveis pela roleta, acrescentou:

– Olha, espero que vocês não se importem, mas tenho sorte quando estou nua.

Dito isto, se despiu completamente, e colocou as fichas todas sobre a mesa. Abestalhado, o “croupier” acionou a roleta. Enquanto esta girava, a loira cantava:

– MÃEZINHA PRECISA DE ROUPAS NOVAS! MÃEZINHA PRECISA DE ROUPAS NOVAS!

Assim que a roleta parou, ela começou a dar grandes pulos e a gritar:

– GANHEI!!! GANHEI !!! QUE MARAVIIIIILHAAA!!! GANHEEEI!!!

Ela então abraçou e beijou cada um dos croupiers. Em seguida debruçou-se sobre a mesa e recolheu 360 mil dólares. Vestiu-se rapidamente e se mandou. Os croupiers se entreolharam.

Finalmente, um deles, voltando a si, perguntou:

– Em que número ela apostou, você viu?

E o outro:

– Eu não… Pensei que você estivesse olhando…

Moral da história: Nem toda loura é burra, mas TODO HOMEM É IGUAL

Divórcio judeu

Um velho pai de família judeu chama seu filho, na Anti-véspera do Ano Novo de sua religião e lhe diz:

– Jacózinho, eu odeio ter que estragar seu dia, mas tenho que lhe dizer que sua mãe e eu vamos nos divorciar, depois de 45 anos de convivência.

– Papai, o que você está dizendo? – grita o filho.

– Não conseguimos mais nem nos olhar um ao outro – disse o pai, e completou: Vamos nos separar e acabou. Ligue para sua irmã Raquel e conte a ela.

Desvairado, o rapaz liga para a irmã, a qual explode no telefone.

– De jeito nenhum meus pais irão se divorciar! Chame Papai ao telefone!

Quando o velho atendeu, ela disse, gritando:

– Não façam nada até nós chegarmos aí amanhã. Estou chamando Moisés, que está em viagem, e amanhã mesmo estaremos aí, ouviu! – e bateu o telefone sem deixar o pai responder nada.

O velho colocou o fone no gancho, Virou-se para a mulher e disse:

– Pronto Sara, eles virão para o Ano Novo, e desta vez não teremos que pagar as passagens!

Cowboy machão

O cowboy chega na cidade, encosta o cavalo e entra no saloon. Vai até o balcão, pede um uísque, bebe devagar e, ao terminar, sai novamente.

Alguns segundos depois ele volta para dentro do saloon, puto da vida, e grita:

– Tá certo! Agora eu quero saber quem foi o engraçadinho que pintou meu cavalo de amarelo!

Nesse momento um armário de 2,10 m e mais de 120 kg se levanta, mede o cowboy de alto a baixo e diz:

– Fui eu!

O cowboy responde com uma voz humilde:

– Pode passar a segunda mão que a primeira já secou.

Explicações

Havia um casal que estava casado havia 20 anos e sempre que faziam sexo o marido insistia em desligar a luz. Após 20 anos, a mulher achava que aquilo era estúpido. Decidiu que iria tirar ao marido esse hábito desnecessário.
Então, certa noite enquanto o faziam, ela acendeu as luzes. Ela olhou e viu o marido com um vibrador na mão. Ela ficou louca!
– Seu cabrão impotente! – grita. – Como pudeste mentir-me durante estes anos todos!? É melhor explicares-te bem!
O marido olhou-a bem nos olhos e, calmamente, disse:
– Eu explico o vibrador se tu explicares os nossos três filhos…