Olavo, o terror dos comunistas

“Um doidão escreve que estou mandando assassinar os comunistas. Só posso entender que, quando você manda um comunista tomar no cu, ele morre.”
(Olavo de Carvalho)