Flagrante delito

A deliciosa morena se aproximou do lago deserto, olhou ao redor para se certificar de que não havia ninguém por perto e tirou toda a roupa.
Quando se preparava para dar o primeiro mergulho, um guarda saiu de trás de uma árvore:
– Desculpe, senhorita, mas é proibido nadar neste lago.
A moça corou de vergonha. E por que o senhor não avisou antes de eu tirar a roupa?
– Bem… Respondeu o guarda. É que não existe nenhuma lei proibindo tirar a roupa na beira do lago.