E alguém se deu mal…

Esta é a história de um caminhoneiro que viajava por todo o Brasil e seu lema era o seguinte: MEU NOME É JOÃO, SOU DO MARANHÃO, GOSTOSÃO, ENTROU NO MEU CAMINHÃO NÃO TEM PERDÃO…

Mas já estava há dois meses dirigindo pelas estradas em jejum e não conseguia pegar nenhuma mulher.

Eis que de repente, ele vê à sua frente, uma freira, novinha, bonitinha, pedindo carona, pensou ele:

– Que Deus me perdoe. Parou o caminhão e a freira subiu.

– Bom dia meu filho, você poderia me levar para a cidade mais próxima?

– Bom dia dona freira, claro, mas tem um pequeno problema: meu nome é João, sou do Maranhão, gostosão, entrou no meu caminhão não tem perdão.

– Calma meu filho, aqui na frente está reservado para Deus, porém atrás está livre. Não deu outra, o João traçou a freirinha. Dirigindo pela estrada, João ficou pensando na besteira que tinha feito (traçado a freira), quando ela disse:

– Meu filho, pode parar que eu vou descer aqui nesta fazenda.

João respondeu:

– Dona freira, me desculpe pelo que eu fiz com a senhora, que Deus me perdoe, mas a senhora sabe como é ficar solitário muito tempo.

Respondeu a freira:

– Não tem problema, porque MEU NOME É JUVENAL, SOU DE NATAL, HOMOSSEXUAL, GOSTEI do TAL e esta é a MINHA FANTASIA DE CARNAVAL!

Anúncios