Velhinha trepadeira

Essa é do tempo em que, para ser prostituta, a gente tinha de pedir autorização ao delegado (se é que esse tempo existiu algum dia).
Nem bem o dia amanheceu a velhinha acordou para ir à feira.
Quando passava diante da delegacia viu uma fila de jovens garotas com as pernas de fora. Curiosa, abordou a última da fila:
– “Me explica” uma coisa, menina… Pra quê essa fila?
A garota, com dezoito anos recém-completados, envergonhada, resolveu mentir:
– É pra pegar autorização para colher laranjas no sítio da prefeitura!
– Oba! Eu adoro laranjas! – e postou-se logo atrás da ruivinha.
Quando chegou a vez da velhota, o delegado indignou-se:
– Mas vovó, a senhora nessa idade ainda trepa?
– Trepar eu não trepo, mas chupar eu chupo!
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s