Mulher advogada

Daniel, um jovem advogado, descobriu que herdaria uma fortuna quando seu pai, muito doente, morresse. Decidiu então que precisava de uma mulher para ser sua grande companheira.

Assim, uma noite foi para o bar da OAB, onde encontrou a advogada mais bonita que já tinha visto. Sua beleza natural tirava seu fôlego.

– Eu posso parecer um advogado comum – disse enquanto se aproximava da musa – mas em cerca de um mês ou dois, meu pai vai morrer, e eu  herdarei 20 milhões de dólares.

Impressionada, a mulher foi para a casa com ele naquela noite e, três dias depois… tornou-se sua madrasta.